quarta-feira, 13 de outubro de 2010

dos modelos...

.
"Foda é chamar sexo de foda."
Julio Carvalho
.

.
foda sou

eu sou foda
quando escrevo
só quando escrevo
o resto do meu foda
é fora
quando eu gosto
quando eu peço
mais carinho
e mereço
.

2 comentários:

Escobar Franelas disse...

Gostei. Bela encruzilhada em que se meteu, mas achou a saída sem ter que regredir a restolhos básicos, no labirinto de Borges.

Tiago Araújo disse...

Caro Júlio, que foda não?

concordo com o Escobar, é um caminho labiríntico borgiano, é a recompensa dharmica da foda trasmutando, transgredindo os meandros dessa nossa arte perversa e ao mesmo tempo sutil...

Abraços e saudades!

P.S. a propósito, vi teu comentário no blog do Escobar, que a propósito é meu amigo e deve ter te encontrado lá no meu Domínio, que a propósito tem passagens interdimenionais para outros mundos como, por exemplo, o Blog do Akira, uma poeta de prima que, não tenho dúvioda, você vai gostar... vai lá ver!